Gibi Raro
Insira a palavra-chave:
    

Depoimentos dos nosso visitantes




Virginia
(24/02/2012)
Caro Kendi,
Boa tarde, Kendi,
Pude assisti-lo no YouTube (video de 2007), fiquei impressionada com a sua coleção de gibis!
Concordo com você sobre os heróis de antigamente serem "puros", cumpridores da lei, nunca misturavam sua vida pessoal com a de herói... O que acontece hoje é que estão colocando emoções demais nos heróis (haja vista os filmes de "Homem-Aranha", "Batman" e outros). Nos dias de hoje, como é que os leitores mais jovens (aqueles que se interessam por quadrinhos) vão ter um herói desses como "exemplo", ou "ídolo", se estes são tão confusos emocionalmente?
Meus exemplares estão em muito bom estado de conservação (a não ser a poeira e o amarelecimento natural pelo tempo).
Obrigada pela atenção,
Virgínia



Romario G Setubal
(15/02/2012)
Meu amigo, fanático como sou por gibis, estou de boca aberta com o seu site, com o seu acervo. Pensava que não tinha mais ninguém com esta fixação por gibís, mas vc é a prova viva, que os nossos sonhos e fantasias nunca morrem. Abraços!



Antonio Evangelista
(12/11/2011)
Caro Kendi,
Adorei ter encontrado o site Gibi Raro que me trouxe memórias da minha infância na minha cidade natal Juazeiro-Bahia anos 50/60. Não era diferente da sua, tínhamos dois cinemas o Cine Glória e o Cine São Francisco, onde ficávamos, antes e após as sessões, nas portas com os braços cheios de revistas em quadrinhos para troca. Tinha de tudo do Capitão Marvel aos desenhos de Disney. A maioria da garotada "curtia" colecionar revistas e álbuns de estampas que nós chamávamos de figurinhas, os dois álbuns que mais me deram trabalho de completar foram os dos filmes Ben-Hur e os Dez Mandamentos, lembro-me bem que a estampa mais difícil foi a de nº 46 dos Dez Mandamentos. Porem, a revista mais marcante para mim desse período foi o filme quadrinizado Billy Budd, primeiro porque já tinha visto o filme no cinema, como muitos dos que foram quadrinizados pela Ediex; segundo porque como premio por admissão ao ginásio em Dezembro/1964 ganhei a minha primeira viagem, Petrolina-Salvador, era em avião DC-3 da Real Aerovias(quem se lembra disso? não havia pressurização na cabine, era uma barulheira enorme dos motores e que provocava dores nos tímpanos, usávamos chumaços de algodão para amenizar)para conhecer a nossa Capital Salvador onde tive a oportunidade de comprar dezenas de revistas, em uma grande banca de jornais e revistas, situava-se num largo entre o Hotel Brasil e a Estação da Leste no bairro da Calçada(hoje essa região encontra-se totalmente desfigurada e as edificações degradadas pelo tempo e descaso público), entre elas estava a revista Billy Budd cujo filme tinha me impressionado bastante.
Com a perda do meu Pai em Novembro/1965 vieram as dificuldades da vida familiar e de consumo, a minha coleção de revista foi perdendo a sua prioridade, não o gosto por elas, e ao longo da vida muita coisa desapareceu, por isso veio a alegria de rever essas memórias no Gibi Raro.
Voltando ao Billy Budd, assisti quando tinha doze anos não sabia de muita coisa mas só a interpretação do Terence Stamp valia por todo o filme. Já adulto, descobri que o filme foi uma das melhores adaptações literárias dessa época de um livro de Herman Melville, ganhou Globo de Ouro e o Terence Stamp foi indicado a Oscar de melhor Ator-Coadjuvante, sendo este um dos primeiros filmes de Terence Stamp que tempos depois brilhou no cinema, filmes como Teorema(Pasolini), Wall Street, Priscila e outros.
Esse ano em comemoração aos quase 50 anos do filme Billy Budd a Lume relançou em DVD, mais uma vez tive essa chance de rever esse grande filme que tanto marcou a minha infância. Vi com olhos de adulto mas com o brilho de criança essas memórias vieram a tona de um grande filme que ficou marcado em mim pela revista na qual foi quadrinizado.
Obrigado meu caro por me trazer essas boas lembranças inolvidáveis.
Abraços.



Hélio Gonçalves Teixeira
No dia 14/10/2011, encontrei este site maravilhoso, inclusive com varias capas de gibi que li na minha juventude. Sou de Abril de 54, me deu vontade de chorar quando vi alguns herois de minha época: Cavaleiro Negro, Cavaleiro Fantasma, Jeronimo, Super Boy, e muitos e muitos outros.
Muito obrigado de coração... por algumas horas voltei no tempo. eu passava nas bancas e via o novo gibi, ou almanaque. e corria a ajuntar ferro velho, chumbo para vender e comprar o novo gibi. Que saudade... tempo bom... que nao volta mais...



Ricardo Lupe
Caro sr Kendi, hoje navegando me deparei com seu site e em segundos voltei 40 anos no tempo, num passe de mágica, que alegria saber que tem pessoas como o senhor que guarda essa parte tão gostosa de nossa infancia dos nossos sonhos e fantasias que infelizmente esta se perdendo no tempo. no meu caso sempre adorei a familia disney com suas estórias mirabolantes, bem feitas e bemmmm desenhadas, hoje desaparecidas por completo, acredite ate de sebos onde vivo a caça de alguma perdida, é muito triste ver isto acontecer mas como disse ainda bem que existem pessoas como o senhor!
Depois é que fui ver a reportagem que foi feita com o sr e tudo o que o sr disse é  verdade antes não se matava... se prendia... o mundo era + inocente e belo.
Vou passar seu trabalho também para meus amigos  para que vejam seu esforço para manter vivo este passado tão significativo de nossas vidas. Parabéns de novo!!



Renata Souza
Olá, primeiramente gostaria de parabenizar pelo site. Li que a capa de alguns dos diversos gibis já foram digitalizadas... muito legal. Sou bibliotecária, atualmente resido na região metropolitana de Salvador.
Gostei do site, mais uma vez parabéns à todos. Um abraço!




Dorival Sancevini - Bauru/SP
Olá Kendi.É um prazer falar com você e saber q sinto pelos quadrinhos o mesmo carinho,as vezes até obcessão,desde minha epoca de infancia. Sou nascido em 1964 e tive contato com a maioria dos heróis da decada de 70 qdo tinha meus 8,9 ou mais anos.Zorro,batman,cap. america,fantasma,h.aranha,akim,targo,defensores,vingadores,demolidor,thor,enfim toda essa maravilha q tivemos nessa época inesquecível. Até hoje coleciono essas raridades da ebal.Tenho muitos tarzans branco e preto coleção lança de prata,tenho a completa á cores lança de ouro,tenho tbem korak á cores do 1 ao 19.Todos os albuns gigantes de Joe Kubert e Russ Manning e tbem Burne Hogarth.Praticamente tenhos todos os albuns lançados de 1972 até hoje,e guardo-os como um verdadeiro tesouro.
Meu heroi preferido é Tarzan. Esse personagem me cativou logo q me mudei de um sitio onde morava e vim pra cidade morar numa pequena chacara onde um amigo me passou todos essa maravilha da ebal.Como tinha muitas árvores para brincar,logo tarzan marcou minha infancia de um jeito tão marcante q até hoje me fascina ao ponto de comprar qualquer coisa dessa epoca,mesmo q saia um pouco caro mas acho q vale a pena ter minha infancia de volta mesmo q seja só por alguns minutos qdo folheio essas maravilhas daquela época inesquecivel.
Muitas pessoas não entendem essa paixão porque não passaram esses anos tão nostalgicos como nós passamos.Muitos acham q vc pode ser um doido colecionando tanto material dessa qualidade,mas eu te entendo e sinto exatamente o q vc sente com todas essas maravilhas em sua volta.Meu sonho é um dia te conhecer e ver todo esse seu tesouro pessoalmente e sentir como se estivesse no paraiso,porque para um apaixonado pelos quadrinhos como eu isso é um verdadeiro paraiso!




José Nilo Delgado
Parabéns Kendi pela iniciativa. Hoje foi um dia excelente para mim ao ler a notícia no UOl. Tenho 68 anos e fui um grande leitor de gibis. Pena que ficaram apenas na memória. Lembro-me de uma publicação semanal em formato reduzido intitulado "O Pequeno Sheriff". Se eu não estiver errado era uma publicação da Editora Brasil América a Grande Ebal de agradável lembrança. Nosso Cumprimentos e sucesso em sua empreitada.




Hernani Portovedo, Portugal (Malaposta-Anadia)
Olá, Kendi, fiquei surpreso com a qualidade de seu site e, como desde criança gosto de gibi, me divirto e me delicio com cada detalhe das páginas que você nos põe à disposição.
Parabens pelo excelente trabalho e obvia dedicação. Sou de Portugal (Malaposta-Anadia) e sou coleccionador de BD em particular do TEX. Tenho todas as colecções completas (menos da JUNIOR) mas a do "tex normal" os primeiros 50 são da 2º edição Se por acaso no seu grupo de conhecimentos se cruzar com alguém que queira se "desfazer" ... realizava um sonho antigo. Continuação de um salutar paixão.




Parabéns! J. L. Weiss, Castro, PR
Olá, Kendi, fiquei surpreso com a qualidade de seu site e, como desde criança gosto de gibi, me divirto e me delicio com cada detalhe das páginas que você nos põe à disposição.
Gostei muito de ver divulgadas as capas das coleções de Edição Maravilhosa (tenho todas, até o nº 200) e de Tex (tenho todos, até o nº 220, mais ou menos), mas não encontrei as capas das coleções de Fantasma e Mandrake da RGE, pelo menos, até o número 200... Como, quando morava em São Paulo, comprei muito gibi do famoso negociante de HQ, Ademário de Mattos, tenho vários exemplares que pertenceram ao mencionado Geraldo Cachola. Na época, eu achava o cúmulo ele carimbar as revistas com seu nome e deixei de comprar muita coisa por esse motivo. Talvez, agora, isso até valorize as revistas.... Muito obrigado por seu trabalho em disponibilizar material tão bom (e necessário, neste nosso país tão fraco em valorizar sua memória). Ainda não vi tudo, mas já coloquei o site nos favoritos).




Prezado Kendi:
Voce nao me conhece. Sou um professor de Matematica que mora em Joao Pessoa, Paraiba, quase 49 anos. Sou amigo de Sergio Federighi, de Campinas, Sao Paulo. Tenho me corres- pondido com ele frequentemente nos ultimos 6 anos e ja' fui na casa dele duas vezes.

Eu "conheci" voce atraves da Internet. Primeiro assisti a videos seus no YouTube. Depois, vi seu perfil no Orkut. Como voce aceitou me adicionar como amigo do Orkut, eu peguei la' o seu e-mail.

Sou um pequeno e modesto colecionador de revistas da EBAL. Meu interesse e' por revistas de super-herois das decadas de 60 e 70 e inicio dos anos 80. So' gosto de revistas desse periodo, e somente revistas da EBAL (ou de outras editoras, como a Panini ou Abril, desde que republiquem as coisas que a EBAL publicava).

Atualmente, um grupo de colecionadores e fãs da EBAL está construindo um site na Internet que pretende mostrar todas as capas de revistas da EBAL. Todas mesmo. O nome desse site e' o "Guia EBAL" e pode ser visto em www.guiaebal.com

Eu contribuo de vez em quando para esse site e, no momento, estou juntando todas as capas de Superman da EBAL. Ja' tenho quase todas as capas, exceto umas seis capas da antiga colecao "Superman 1a. serie". Mais especificamente, faltam atualamente somente as capas de Superman 1a. serie N. 86, 91, 93, 95, 96, 97.

Acho que todos esses numeros sao de 1955.

Voce nao teria essas revistas, nao? Se as tiver, voce poderia me enviar uma imagem de cada uma dessas capas? Pode ser imagem escaneada ou fotografia digital.

Agradecido pela sua atencao,
Lenimar N. Andrade
de Joao Pessoa, PB

P.S. Sempre que completo alguma colecao da EBAL, eu gosto de fazer algum tipo de comemoracao. Geralmente, tirar fotos com a colecao ou fazer algum video. Caso voce se interesse, veja aqui o meu video com a colecao Batman-BI:
http://www.youtube.com/watch?v=DciEhiDCHc4
http://www.youtube.com/watch?v=nPQkFHmlAl0&feature=related





Teófilo Moraes Guimarães (teo_ gui@hotmail.com) (05/04/2010)
Acabei de conhecer o site GIBIRARO e fiquei maravilhado, não acreditava existir uma memória tão grande preservada desta maneira.
Meus parabéns pelo excelente trabalho.



Luís Gustavo Peres (fanaticoporgibi@gmail.com) (23/01/2010)
Kendi,boa tarde! Tomei conhecimento de seu site por meio do nostalgia do terror. Quero parabeniza-lo por essa iniciativa que muito alegra aqueles aficcionados dos quadrinhos. Para mim,as Hqs são na verdade uma extenção importante da minha própria vida(acho que você entende o que quero dizer.).
Gostei muito de ver a imagem das capas das revistas em sua entrevista,fantástico!Gostaria de saber como posso adquirir os livro que você cita nas entrevistas. Grato,e mais uma vez parabéns! Abraço
Luís Gustavo Peres



J.M. Poletti (jmpoletti@hotmail.com) (12/12/2009)
Sr. Kendi, agradeço-lhe por essa viagem ao passado, onde pude através do seu acervo fazer relembrar e reviver minha infância.
Obrigado mesmo de coração por poder rever capas como Cavaleiro-Negro, Don Chicote, Zorro, e as revistas de fotos que recortavamos e faziamos cineminha em caixa de sapato.
Obrigado por me ter proporcionado essa alegria. Um grande abraço.



Professor Guerra - mayaguerra@uol.com.br (06/08/2009)
Entrar em contato com um site como este é voltar a ser criança, quando acessei voltei aos meus tempos de guri onde lia e trocava gibis. Que felicidade é poder dividir isto e pricipalmente com um Mestre e aficcionado por gibis como é o Kendi


Brito (sbritofarias@yahoo.com.br) (06/04/2009)
Esse site é maravilhoso. Voltei a muito tempo atrás e me senti criança novamente, que satisfação ver todos esses gibis. Nossa!! Tenho 38 anos e tenho uma coleção do homem aranha do número 01 formato pequeno até o número, se eu não me engano 200 ( tamanho formato americano).Depois parei de colecionar. Eu acho que quero vender essa coleção e gostaria de saber aí de vocês, quanto custa mais ou menos. Obrigado pela atenção. Foi um enorme prazer de ter descoberto esse site. Parabéns. Abraço Brito
Fórum

Direito Autoral - Este site tem como único objetivo Cultural preservar a memória dos quadrinhos publicados no Brasil, possibilitando fonte de pesquisa para estudantes, jornalistas, aficcionados do gênero e curiosos. Todas as manifestaçoes aqui contidas respeitam os direitos autorais dos detentores dos personagens de gibis, HQ, mangá, Comics, animes, quadrinhos e personagens em geral, bem como editoras e desenhistas contidos neste site. (Kendi Sakamoto)
desenvolvido por Dialética